Portfólio

 

A Marrikah Consultoria é responsável pelo processo de licenciamento ambiental do parque eólico de Morrinhos, localizado no Município de Campo Formoso, estado da Bahia.

A licença prévia para a implantação do parque eólico já foi concedida pelo órgão ambiental, nesta etapa vem sendo requerida a licença de implantação e a realização do plano de atendimento de condicionantes.

Como forma de promover o relacionamento com os steakerolders de forma prévia à implantação do Parque Eólico, a Atlantic Energias optou por realizar o plano de comunicação social, intitulado Ao Som do Vento, cuja apresentação pode ser visualizada na sequência.

1. Plano de Comunicação Social

O Plano de Comunicação Social, é  um canal aberto de comunicação, instituído pela Marrikah,  que permite a transmissão de informações sobre  a construção do Parque Eólico de Morrinhos, nas etapas de planejamento, implantação e operação, contemplando elementos a cerca das características da obra, o tempo de implantação, as características das áreas de influência direta, a previsão de ocupação de mão de obra, o processo de licenciamento ambiental e as medidas mitigadoras e compensatórias a serem adotadas pelo empreendimento.

O referido empreendimento está em processo de licenciamento ambiental junto ao Inema, através do processo 2011-004301/ TEC/LL-0012.

2. Justificativa

Após a realização de pesquisas de campo, foram apreendidas as expectativas das pessoas da região, em relação à implantação do empreendimento, e visualizadas as preocupações decorrentes da necessidade de informações e manifestações por parte das comunidades sobre o empreendimento eólico a ser implantado. Neste sentido, a proposta ora apresentada previu a implantação uma ação informativa através dos centros itinerantes de informação e através de inserções informativas na rádio local 98 FM, atualmente a mais ouvida do município.

Aglomerações populacionais na Área de Influência Direta do Parque Eólico de Morrinhos, e que são contempladas com as ações deste programa:

  • Baixão
  • Belas
  • Tiquara
  • Lagoa do Mato
  • Tanque Novo
  • Varzinha
Comunidade Belas

Comunidade Belas

Para avaliar a aderência local de um programa de rádio, já que o nível de escolaridade dos moradores das comunidades da AID é comprometido pela presença de moradores que não acessam a informação escrita, foi aplicado um questionário de avaliação do uso de rádio.

Os resultados da aplicação de questionários apresentaram que a maioria dos entrevistados ouve rádio no horário da manhã. Os que não escutam à rádio é porque não possuem o aparelho.
O assunto de preferência da maioria dos ouvintes é a nova informação ou notícias. Quando questionados sobre a rádio mais ouvida a maioria afirma que é a 98 FM. Quando questionados sobre os assuntos que gostariam de ouvir em um novo programa de rádio a maioria das respostas foram informação e educação.

3. Início das ações

Diante desses resultados considerados positivos, foi iniciada uma parceria com a rádio local, 98 FM Nuporanga, para a transmissão do programa de informações sobre o empreendimento, intitulado “Ao Som do Vento”.

Marca programa Ao Som do Vento

Marca programa Ao Som do Vento

As informativas começaram a ser transmitidas semanalmente na rádio, a partir de setembro de 2012 e vigoram até a data atual.

Temas como, o conceito de licenciamento ambiental e suas etapas, a importância da energia eólica e da construção do parque na localidade, são discutidos no programa, e tem sido bem recebidos pela população.

4. Monitoramento

De acordo com o monitoramento do plano de comunicação, realizado no final de outubro do ano passado, todos os entrevistados para a verificação de aderência da população ao programa de rádio, já tinham ouvido as informações sobre os projetos da Atlantic Energias e consideram importantes os temas tratados pelo Ao Som do Vento.  Algumas perguntas e colocações foram trazidas pelos entrevistados tais como:

1) Vai ter emprego para a população?
2) Como é mesmo a geração de energia pelo vento?
3) As pessoas escutam o programa e ficam dizendo que já vai
começar? Vai mesmo?
4) Só vai começar em 2014 mesmo?
5) Ouvimos na música que não traz poluição.
6) Quais os benefícios que a empresa vai trazer para o município?
7) É preciso esclarecer que o projeto não será no povoado de
Morrinhos e sim na região de Varzinha, Baixão e Belas.
8) Como é que vai gerar renda para a comunidade?

Como metodologia de devolutivas para as respostas das perguntas e colocações trazidas nas entrevistas, foram veiculadas diariamente no programa Ao Som do Vento, uma pergunta, que se repetiu de 3 em 3 dias.

Monitoramento, Lagoa do Mato, out/2012.

Monitoramento, Lagoa do Mato, out/2012.

Nos dias 26, 27 e 28 de novembro de 2012 foi realizado o segundo monitoramento de campo do programa Ao Som do Vento. As atividades desenvolvidas no período consistiram na:

  • Mobilização das comunidades da área de influência direta (AID) do Parque Eólico de Morrinhos.
  • Reuniões nas comunidades para monitoramento do Programa Ao Som do Vento.
  • Mapeamento de moradores que possuem aparelho de rádio.
  • Respostas às duvidas dos moradores das comunidades, estas originadas por conta dos conteúdos do
  • programa de rádio Ao Som do Vento.
  • Entrevista na rádio 98.0 FM de Campo Formoso.
  • Avaliação do alcance do programa de rádio.
Monitoramento Baixão, nov/2012

Monitoramento Baixão, nov/2012

Monitoramento Varzinha, nov/2012

Monitoramento Varzinha, nov/2012

Das percepções resultantes a partir do monitoramento realizado ficou claro que oobjetivo do programa vem sendo alcançado no que toca a passar com qualidade as informações relacionadas ao processo de licenciamento ambiental e suas etapas, assim como as possíveis transformações que irão ocorrer na região do Projeto de Morrinhos. Ficou clara também, a necessidade de repassar os conteúdos já veiculados em função do despertar do interesse de ouvintes que até o momento não tinham acessado a informação via rádio.

Todos os questionamento levantados pelos participantes das reuniões foram
respondidos e serão levados para os programas de rádio em forma de entrevistas e de veiculação de perguntas e respostas.

  • A geração de energia vai para as comunidades ou é uma energia que vai
  • ficar somente para vocês?
  • Qual o tipo de emprego a ser gerado?
  • Quando o parque eólico estiver pronto só utilizará máquinas não é?
  • Vai ter emprego para a população?
  •  Como é mesmo a energia eólica?
  • As pessoas escutam o programa e comentam que já vai começar, vai mesmo?
  • Ouvimos na música que não tem poluição.
  • Quais os benefícios que a empresa vai trazer para o município.
  • Vai ter geração de renda para a comunidade?
  • As estradas vão beneficiar a todos?
  • As casas que ficam na beira das estradas serão mantidas?
  • Antes de 2014 vai gerar algum trabalho?
  • Só os homens irão trabalhar?
  • As pessoas que trabalham na roça vão poder continuar trabalhando?
  • E quem não sabe ler vai poder trabalhar?
  • Se a comunidade fizer um projeto a empresa pode apoiar?
  • Vai ter investimento em saúde na comunidade?